Texto escrito a seis mãos por Miguel Castro Caldas, António Alvarenga e Sónia Barbosa, “A Fragilidade de Estarmos Juntos” surgiu com uma inquietação sobre a forma como a peça “Catarina e a Beleza de Matar Fascistas” tratou do conflito democracia-fascismo…